"Eu juro eu tava conseguindo, conseguinto esquecer, conseguindo deixar de pensar em você. Ja fazia um mes que a gente nao se via, ja fazia mais de uma semana que eu nao pensava em você, talvez eu tinha um pouco de saudade, mas nao do menino que eu gostava, ou amava e sim do meu melhor amigo brincalhão. Eu estava com saudade de você, nao tinha duvida, mas apenas do meu amigo. Naquele dia nos iamos nos ver, e eu estava louca por um abraço seu. Eu cheguei naquele ambiente, e você estava na minha frente com os braços abertos. Vc tbm queria um abraço. Eu nao pensei duas vezes eu estava andando o mais rapido que eu podia, pra chegar logo nos teu braços. E aquela foi a gota d’agua. Eu senti tudo voltar a ser como era antes… Nos ultimos metros que eu tinha que percorrer até você, eu andava o mais devagar que eu podia, analisando você em cada detalhe. O seu tenis continuava o mesmo, era aquele velho de antes que eu adorava. Suas pernas continuavam as mesmas, eram aquelas fortes, e exatamente na medida que tinha que ser. Seu corpo, esse sim mudo um pouco, você estava mais bonito, tenho certeza. Seus braços, e sua maos, aaa suas maos, elas continuavam encaixando exatamente nas minhas.  Até que faltava só meio passo pros meus braços se entrelaçar com os seus, faltava um misero meio passo. E era exatamente o ponto em que eu chegara a analisar o teu rosto. Aqueles olhos, penetrantes e provocadores ao mesmo tempo . Aquela boca e aquele cabelo da mesma maneira que era. Eu juro que nao resisti, aquele foi o melhor abraço que eu podia ter recebido. Tudo bem talvez eu aind goste de você…”

               (MyWorldFriend)